sábado, 30 de abril de 2011

Última parte do capitulo 10

Olá Pessoal! Aqui está a última parte do capitulo 10. Obrigado pelos 17 comentários e obrigada pelo selinho Flufy :)

Como estava de noite, a Mandy começou a afastar-se. Ao longe, ouviu um barulho. Com um pouco de medo perguntou:
- Quem está aí?
Apareceu-lhe uma sombra à frente, que lhe pôs uma mão no ombro.
- Quem és? - perguntou, medrosa.
- É o Gustav, dos Kaulitz. O que fazes por aqui, Jiroux, ou melhor, Cyrus?
- Eu chamo-me Mandy Jiroux, não Cyrus ou só Jiroux. Se for assim, vou chamar-te Kaulitz ou Schaffer.
- Desculpa, mas o que fazes aqui?
- Vim dar uma volta e tu?
- Também.
Houve uns segundos de silêncio.
- Então, como vão os Cyrus? - perguntou o Gustav.
- Bem, dentro dos possíveis e os Kaulitz?
- Vamos andando. O Georg ficou cada vez mais desagradável, o Tom e o Bill estão cada vez mais solitários.
- Eu pensava que estava tudo bem com vocês. Vocês não apareciam. - disse a Mandy.
- Disseste bem, estava. E como é que vocês vão?
- A Demi agora namora com o Jesse e o Billy trocou os casais agora estou destinada ao Liam.
- A Demi? Não sabia que os Cyrus tinham adoptado mais uma pessoa.
- Na verdade, são duas.
- Duas? - perguntou o Gustav.
- Sim, a Demi e a irmã Vanessa.
- E está a correr bem?
- Sim, dentro dos possíveis.
O Gustav olhou para o relógio que estava no seu pulso.
- Desculpa, tenho de ir.
- Está bem. Adeus Gustav.
- Adeus Mandy.
O Gustav virou-se de costas e ia desviar-se da Mandy mas ela lembrou-se de algo.
- Gustav.
- Sim. - disse ele, virando-se.
- Obrigado pela conversa. - disse ela a sorrir.
- Não agradeças, também gosto de uma boa conversa. Sempre que quiseres conversar podes ir ter comigo. Estou aqui quando tenho tempo livre. Aparece. - disse ele piscando-lhe o olho.
- Está bem.
A Mandy ficou a olhar para o Gustav enquanto ele se desviava. Quando já não o podia alcançar com a vista, foi para casa.

Está feito!
Não há questionário neste capitulo.
Comentem!

16 comentários: